O que é BPO – Business Process Outsourcing

 

O que é o BPO (Business Process Outsourcing) e como esta prática pode ajudar a sua empresa?

Práticas como o BPO já é uma tendência mundial e está cada vez mais presente em organizações dos mais variados segmentos. O raciocínio é simples, toda empresa busca competitividade, mas como focar na melhoria contínua quando há diversas atividades secundárias que são essenciais para o sucesso e para alavancar o negócio?

Para resolver esta questão é que surge o BPO – Business Process Outsourcing, que significa “Terceirização de Processos de Negócio”. Pode-se dizer que trata da terceirização dos processos que fogem da alçada principal (Core Business), deixando estas demandas nas mãos de empresas/profissionais especializados, experientes e capacitados nos mais variados temas como: Contabilidade, Finanças, Governança e Tecnologia da Informação.

Isso garante maior qualidade nas entregas e, na grande maioria dos casos, considerável redução de custos; e, principalmente, permite que as empresas invistam a sua atenção nos seus negócios.

 

Mas, afinal, qual a vantagem do BPO?

O mercado atual é marcado pela concorrência extrema, constante fluxo de novos entrantes, formação de um público mais bem informado, além de um processo de “padronização” entre os produtos oferecidos por organizações rivais (fruto do acesso à informação e a tecnologias de ponta). Esse voraz “canibalismo” mercadológico impõe às empresas flexibilidade, capacidade permanente de se reinventar e responder com rapidez às mudanças. E é nessa dinâmica de transformação constante da estrutura dos negócios que surgiu o BPO. Não é possível a uma empresa desviar seu foco com elaboração de treinamentos, organização de recrutamento e seleção, gestão de estoques, integração do setor de compras com o departamento financeiro, desenvolvimento de logística de distribuição, TI, jurídico, etc. Uma empresa que faça tudo isso sozinha tende a reduzir seu SLA (nível de serviço), o que certamente resultará em perda de mercado e impactos negativos no faturamento.

 

Quais os benefícios que esse modelo de gestão?

  • Redução de custos: As despesas com o outsourcing serão menores, o gasto total com a organização de todos os processos internos da empresa (só a TI exige investimentos extremamente volumosos). Muito custo e pouco foco geram prejuízo. O BPO é capaz de reduzir essas despesas operacionais.
  • Aumento da produtividade: Menos processos, mais profissionais livres para focarem no que a empresa faz de melhor significa aumento imediato de produtividade.
  • Disponibilidade de pessoal para os processos-chaves na organização: O aumento da produção global na empresa, fruto do item anterior, implica a possibilidade de angariar mais recursos para serem direcionados no crescimento da organização. O ROI de um BPO, em alguns casos, beira os 200%.
  • Aumento da flexibilidade interna: Uma empresa mais enxuta é uma empresa mais preparada para responder com rapidez às novas demandas do mercado.